Ana Maria Barros Soares

Graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Fluminense (UFF) (1987), mestrado em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1996) e doutorado em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP – Jaboticabal), na área de Clínica Médica Veterinária (2002). É professora, nível Associado da Universidade Federal Fluminense, onde leciona desde 1990. Orienta alunos na graduação e pós-graduação com ênfase em Clínica Médica de Cães e Gatos e Oftalmologia Veterinária. Foi responsável pelo setor de Oftalmologia Veterinária da Policlínica Veterinária e posteriormente do Hospital Universitário Veterinário da Universidade Federal Fluminense (1994 – 2012). Responsável pelo Projeto Narizinho, no Hospital Universitário de Medicina Veterinária da UFF, atendendo os cães braquiocefálicos que apresentam a síndrome característica.

Resumo da(s) Palestra(s)

Palestra 1 – Correção Cirúrgica da Síndrome Braquicefálica  

Atualmente o número de animais braquicefálicos vem aumentando.  Algumas alterações primárias e secundárias podem e devem ser corrigidas cirurgicamente. O processo obstrutivo das vias aéreas anteriores pode ser amenizado através da correção cirúrgica das narinas estenóticas, do palato mole alongado e da eversão dos sáculos laríngeos. Nessa palestra serão abordados: a importância da indicação cirúrgica individualizada; o que esperar de resultados com base na avaliação pré-cirúrgica; a importância do pré e pós-operatório; técnicas de rinoplastia, palatoplastia e saculectomia; e prognóstico atualizado mediante a evolução das técnicas